Espaço EVOA Lezíria do Tejo

O espaço EVOA – Espaço de Visitação e Observação de Aves, localizado na Margem Sul do Rui Tejo, com acesso a partir da saída da Ponte de Vila França de Xira na EN 10 é um projeto apoiado pela ABLGVFX – Associação de Beneficiários da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira , Aquaves , a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, a Companhia das Lizírias, a Reserva Natural do Estuário do Tejo  e a  LPN_ Liga de Proteção da Natureza

Trata-se dum espaço de visita e de interpretação da natureza (na sua componente de observação de aves), para observadores de aves, amantes de fotografia, escolas e famílias em passeio de fim-de semana.  Tem uma entrada paga, através da qual se têm acesso a um conjunto de facilidade disponíveis na casa. Espaço expositivo e auditório, loja e bar. Através da compra de bilhete acede-se ao espaço natural, que dispõe de um circuito com cerca de 5 km, percorrendo vários a zona lagunar. O espaço de observação dispões de casa abrigo.

Os conteúdos expositivos são os clássicos deste tipo de centro de interpretação, com várias explicações sobre a importância da conservação da avifauna, no mundo e no estuário do Tejo.

A ABLGVFX foi constituída em 1991, substituindo a Associação de Defesa da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira, criada em 1947.

A AQUAAVES é uma associação ambiental par Conservação e Gestão de Ambientes Naturais, foi fundada em 1992 com o intuito de proteger os diversos habitats.

O Município de Vila Franca é um município estuarino, ocupando uma vasta área do rio incluindo os três do seus maiores  Mouchões: Lombo do Tejo, Alhandra e Póvoa. O

Companhia das Lezírias, é uma  das maiores companhia agrícolas,com uma área de cerca de 17,5 mil ha divididos dois núcleos: a  Charneca do Infantado (Benavente); e  a Lezíria Grande de Vila Franca de Xira. Deste último, onde se localiza o espaço EVOA (com cerca de 11 ha) tem uma  área incluída na Reserva Natural do Estuário do Tejo. Trata-se duma unidade agrícola que desenvolve atividades produtivas por pastagens biológicas, canteiros de arroz, sapais, valas, e uma atividade turística.

A Reserva Natural do Estuário do Tejo  é desde 1976 uma área de paisagem protegida  zona mais a montante do estuário com uma de 14.200 ha. Integra um importante conjunto de habitats naturais de aves migradoras, ´~

A LPN é a mais antiga associação ambiental (desde 1948)  é uma organização não governamental de ambiente (ONGA). Temo como missão  contribuir para a Conservação da Natureza e para a defesa do Ambiente, numa perspetiva de desenvolvimento sustentável, que assegure a qualidade de vida às gerações presentes e vindouras. Tem como actividade  desenvolvimento de ações de educação para  o património ambiental,  projetos de Conservação da Natureza; e actividade de sensibilização da opinião publica

O Espaço Evoa

Localizado no coração da mais importante zona húmida de Portugal, a Reserva Natural do Estuário do Tejo, o EVOA – Espaço de Visitação e Observação de Aves permite que os visitantes conheçam e desfrutem do património único, existente entre a lezíria e o Estuário do Tejo.

No EVOA estão integradas três zonas húmidas de água doce, num total de 70 ha, estas lagoas são muito importantes para as aves, sendo utilizadas como área de refúgio ou mesmo como local de nidificação. De modo a garantir a tranquilidade das aves e a maximizar a experiência e conforto na visitação, estão disponíveis três observatórios nas lagoas, diversos pontos de observação camuflados e um Centro de Interpretação.

O Centro de Interpretação para além de acolher os visitantes, convida-os a conhecer a exposição permanente – EVOA, Onde o Mundo Encontra o Tejo -e a participar em diversas atividades complementares à observação de aves.

Mas a experiência começa ao entrar na Lezíria Sul de Vila Franca de Xira: no contraste entre paisagens, na conjugação da tradição com a inovação e, é claro, na variedade de espécies que se alimentam ou refugiam nas valas, campos agrícolas e pastagens da lezíria, dando as boas vindas a todos os que percorrem este espaço fascinante.

O EVOA aderiu à marca Natural.pt em junho de 2015.


Objetivos

O EVOA tem como motivação principal a conservação da avifauna do Estuário do Tejo e da Lezíria de Vila Franca de Xira enquadrada nos habitats naturais e agrícolas de que depende. Para tal, pretende:

  • Criar condições de atração da maior diversidade possível de aves ocorrentes no estuário e lezíria
  • Criar condições para a observação de aves, em tranquilidade, por não iniciados
  • Contribuir quer para a divulgação da sua importância quer para a facilitação do seu estudo científico
  • Aumentar a disponibilidade de áreas de refúgio de maré para as aves estuarinas invernantes
  • Incrementar as áreas adequadas à nidificação de diversas espécies de aves aquáticas
  • Divulgar a obra de construção e conservação da Lezíria
  • Sensibilizar para a importância da gestão da água, de que a Lezíria é um excelente exemplo
  • Demonstrar um modelo de sustentabilidade na gestão da Conservação da Natureza

Visita ao espaço em 24 de Fevereiro 2019