Compromisso de Vienna

O Comité Internacional para os Museus e Coleções de História Natural, é uma dos comités especializados do ICOM.

O NATHIST tem como objeto a conservação da diversidade biológica, paleontológica e geológica das coleções de museus, assim como da ambiente natural, o estudo científico do património mundial natural  e a educação dos públicos através das exposições em museus, conferencias, visitas de estudo, etc.

É um ponto de encontro e um fórum para intercanbio profissionais para todos os que trabalham em museus com coleções de história natural, bem como instituições que tem objetivos similares, tais como Jardins Zoológicos, Parques Naturais (com ou sem animais) jardins botânicos, Aquários, Centros de Natureza, Geoparques e Parque Paleontológicos.

O seu documento base é a Carta de Viena:

A Declaração de Viena

Os museus de história natural do mundo são instituições que definem e interpretam as relações entre a diversidade biológica, a interação entre comunidade e o ambiente através da organização e exibição de objetos, experiências, e meio ambiente.

  • Promove pesquisas científicas à escala global, regional e local.
  • Realizam cerca de 20 milhões de exposições e sites
  • Recebem anualmente um bilhão de visitantes, com mais 2 bilhões de visitantes em sites. (nº que ainda não inclui os visitantes de jardins zoológicos e aquarios)
    • uma informação que se deverá ser atualizada para incluir estatísticas de zoológico e aquários
  • Apresenta narrativas sobre património natural, material e imaterial, a dinâmica do sistema terrestre em benefício das gerações futuras.
  • Os museus de história natural apoiam os objetivos da Cimeira da Terra de 2012 (Conferencia para o Desenvolvimento Sustentável – Rio+20 ) através da construção e preservação de coleções que registram as evidências sobre as alterações na biodiversidade.
  • Além disso, os museus da história natural estão comprometidos com o uso de suas coleções para apoiar pesquisas científicas que funcionariam na criação de uma economia sustentável da biosfera com uma partilha de benefícios equitativo para todos.
  • Os museus de história natural também continuarão a ligar as as pessoas com o ambiente natural através de seus programas de exibição e educação.

O Comitá Internacional de Museu de História Natural e Coleção dentro do MIC, e os signatários, apoiem:

  • Ações positivas para a mudança global, incluindo os objetivos da Cúpula da Terra em 2012
  • Todas as atividades que promovem a sustentabilidade
  • Sensibilização e envolvimento das pessoas sobre o manejo do ecossistema
  • Proteção da natureza em equilíbrio com uma economia verde.
    (adotando a abordagem de serviços ecossistémicos em economia verde)

Solicitamos aos governos do mundo:

Apoie a história natural do mundo coletando instituições em seu papel de conectar o público com os ambientes naturais do mundo e promover o uso responsável dos recursos.
Assegurar que as políticas nacionais sejam informadas por uma ciência sólida.
Vincule as agendas nacionais a um objetivo comum de sustentabilidade.